Concelho do Sabugal em risco máximo de incêndio

Doze concelhos dos distritos de Bragança, Santarém, Portalegre, Castelo Branco e Guarda estão com risco máximo de incêndio e só o litoral norte apresenta um risco reduzido, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Cerca de 30 concelhos estão com risco muito elevado e pertencem aos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Santarém, Portalegre, Lisboa e Faro.

No distrito de Castelo Branco, os concelhos de Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Sertã, Idanha-a-Nova, Oleiros apresentam hoje risco muito elevado de incêndio. Por sua vez, Penamacor, Vila de Rei, Vila Velha de Rodão e Proença-a-Nova apresentam risco máximo de incêndio. No distrito da Guarda, apenas o concelho do Sabugal apresenta risco máximo de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para hoje o IPMA prevê uma decida da temperatura máxima, com valores que não devem ultrapassar os 30ºC (Faro).

Está igualmente prevista chuva fraca no litoral Norte e Centro até meio da manhã e vento moderado a forte nas regiões Centro e Sul.




Conteúdo Recomendado