Alexandre Gonçalves
8 Agosto, 2022

Nem Frio, Nem Boca Aprisionada

É seguramente importante que os jovens sejam identificados e perfilhados como protagonistas. É importante construir uma Escola atraente.

António Edmundo
1 Agosto, 2022

Já fomos 10,573 Milhões, em 2010.

Nesse ano, que é já “amanhã”, muitas das vilas e cidades do interior estarão reduzidas a meros pontos no mapa da demografia, sem pessoas, mercado, serviços ou investimentos.

António Edmundo
26 Julho, 2022

E se os preços continuarem elevados, mesmo com subida das taxas de juro?!

Com o arrefecimento da economia, não é todavia líquido que a energia atinja preços elevados que só por si justifiquem verdadeiramente a inflação.

Alexandre Gonçalves
20 Junho, 2022

Invisual, Independente e Cativante

As palavras nunca foram escritas na neblina, pois a Rita é um sol que irradia paz, conhecimento, cor e tranquilidade.

António Edmundo
14 Junho, 2022

As viagens ao interior e as low cost

Os visitantes provindos de Lisboa, por exemplo, quando aqui chegam, para percorrerem os 400 kms, já pagaram 60€ de combustível e 20€ de portagens,.

Alexandre Gonçalves
30 Maio, 2022

Rostos Suspensos

É difícil assassinar a nostalgia e a tristeza que carregamos no peito.

Carvalho Rodrigues
26 Maio, 2022

O Poema “Sacadura Cabral” de Fernando Pessoa

Foi descoberto mais tarde por António Quadros Quadros in Athena, nº3. Lisboa: Dez. 1924 onde foi publicado pela primeira vez.

António Edmundo
25 Maio, 2022

O despovoamento e o acolhimento de cidadãos da Ucrânia

A natalidade em muitos dos municípios já não chega para uma só turma escolar do primeiro ciclo…é um drama o ponto de chegada: a natalidade tende para zero em poucas décadas!

Alexandre Gonçalves
9 Maio, 2022

Separação

O coração no coração de quem se amou com afeição.

José Pires Manso
26 Abril, 2022

OE2022: As mudanças para os jovens, as famílias, as empresas e o sector público

A proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) entregue dia 13-4-2022 ao Parlamento, apresenta algumas (poucas) novidades provocadas pelas tensões geopolíticas decorrentes da invasão da Ucrânia pela Rússia e do aumento da inflação muito por via do preço dos combustíveis e de diversos bens primários. Isto face à proposta de OE22 chumbada pela AR em outubro de 2021 e que desencadeou o processo eleitoral. Mas vale sempre a pena meditar nas alterações e saber com que linhas nos cosemos.