Associação de Município da Cova da Beira com candidaturas para alterações climáticas e gestão de riscos

Associação de Municípios da Cova da Beira

A Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB), com sede em Belmonte, anunciou hoje que apresentou duas candidaturas, uma para promoção da adaptação às alterações climáticas e outra para a prevenção de riscos.

Em comunicado, a AMCB, que é liderada pelo presidente da Câmara de Belmonte, António Dias Rocha, explica que as candidaturas atingem um valor global de 230 mil euros, sendo que a que está relacionada com a adaptação às alterações climáticas foi submetida ao PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, enquanto a de gestão de riscos foi apresentada ao Fundo de Coesão.

Intituladas “AMCBadapt”, estas candidaturas englobam ações que permitirão “redobrar esforços na área da prevenção, promovendo a organização do território e reforçando a resiliência intermunicipal”, aponta a nota de imprensa, assinada pelo diretor-geral da AMCB, Carlos Santos.

Lembrando que o aumento da frequência de fenómenos ligados às alterações climáticas deve levar à adoção de novos comportamentos, a informação refere que uma das medidas passa pela produção de informação e cartografia, que se destina ao desenvolvimento de ferramentas SIG (Sistemas de Informação Geográfica) e a integração das mesmas nos diferentes municípios da associação.

Segundo a informação, isso permitirá desenvolver apetências técnicas relativas à produção e atualização da cartografia e Planos Operacionais Municipais (obedecendo às normas estabelecidas), aproveitando o conhecimento adquirido e garantindo a atualização da informação de modo a manter o conhecimento territorial sempre atualizado.

“A difusão da informação será em um ‘WebSIG’, ganhando assim maior interoperabilidade, com os diferentes ‘stakeholder’, facilitando o armazenamento e a partilha da informação”, é referido na nota de imprensa.

Estas candidaturas também preveem a realização de ações de sensibilização, que abrangerão diferentes temas relacionados com as alterações climáticas e as quais abarcam “medidas adaptativas e de prevenção” e que se destinam a diferentes públicos-alvo.

“A alavancagem das operações assenta em ideias inovadoras, como o desenvolvimento de uma aplicação: com alertas de fenómenos naturais adversos, gerido por um ‘BackOffice’ no âmbito da Proteção Civil e/ou Ambiente, acesso à informação das normas climáticas (em tempo real) e a indicação de comportamentos preventivos, a adotar pela comunidade”, especifica ainda a AMCB.

A AMCB, com sede em Belmonte, no distrito de Castelo Branco, abrange os municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso.




Conteúdo Recomendado