Setenta e sete toneladas de resíduos recolhidas porta a porta em quatro municípios da Guarda

O serviço de recolha porta a porta tem como objetivo promover o aumento da recolha de materiais recicláveis (vidro, papel/cartão e plástico).

A Resiestrela reuniu um total de 77 toneladas de resíduos recicláveis nos primeiros seis meses de aplicação de um novo serviço de recolha porta a porta em quatro municípios do distrito da Guarda, foi hoje anunciado.

A empresa refere, em comunicado, que, seis meses após o alargamento do serviço de recolha porta a porta de materiais recicláveis aos estabelecimentos comerciais, serviços e escolas dos municípios de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres e Mêda, recolheu 40 toneladas de papel e cartão, nove toneladas de embalagens de plástico e metal e 28 toneladas de vidro.

A Resiestrela, que tem sede no Fundão e gere os resíduos sólidos em 14 municípios da Beira Interior, adianta que já conta com mais de 199 estabelecimentos aderentes naqueles quatro municípios do distrito da Guarda.

“Pretendemos crescer em mais quantidades e mais pontos de recolha nestes municípios e nos restantes municípios onde este serviço já se encontra implementado, de forma que, juntos, possamos atingir as metas da reciclagem e ir ao encontro do cumprimento dos objetivos e metas definidas no Plano de Ação para o Cumprimento da Meta de Retoma da Recolha Seletiva-PERSU 2020 da Resiestrela S.A”, afirma, no comunicado, o administrador da Resiestrela Nuno Heitor.

O serviço de recolha porta a porta tem como objetivo promover o aumento da recolha de materiais recicláveis (vidro, papel/cartão e plástico).

“Com este serviço, estes materiais poderão ser valorizados, com benefício para o ambiente e a consequente diminuição dos seus custos de tratamento suportados pelo município”, sublinha a Resiestrela na nota enviada à agência Lusa.

O serviço é realizado por uma viatura devidamente identificada e por funcionários da empresa, sem encargos para as entidades utilizadoras.

A Resiestrela, S.A. é responsável pela concessão do Sistema Multimunicipal de Triagem, Recolha Seletiva, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos provenientes dos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Mêda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso.




Conteúdo Recomendado