Criada associação para promover azeite do Douro

A Câmara de Tabuaço iniciou já o processo de criação do Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro (CEPAD), uma nova associação sediada no concelho que visa promover o azeite regional e reconhecê-lo como produto de Denominação de Origem Protegida.

A instituição junta autarquias, cooperativas e empresas e visa a diferenciação do Douro na produção de azeites de qualidade e a sua afirmação como produto de excelência. Para tal, o presidente da autarquia de Tabuaço, Carlos Carvalho, defende que é necessário “recuperar o olival e potenciar a sua promoção e divulgação, sem esquecer a sustentabilidade ambiental”.

O CEPAD irá promover ainda uma investigação de terreno sobre o azeite do Douro, que será coordenada por técnicos do Politécnico de Bragança e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

A sua constituição como associação está prevista para ficar concluída no primeiro trimestre deste ano.




Conteúdo Recomendado