João Morgado premiado pelo Lions

O escritor covilhanense João Morgado venceu o concurso Prémio Nacional de Literatura Lions 2014/2015. O prémio anual, no valor de 2.500 euros, destina-se a galardoar o autor de uma novela inédita.

Através deste prémio, a Associação Internacional de Lions Clubes – distrito múltiplo 115, patrocinada pela Fundação Lions de Portugal, pretende “contribuir e estimular a produção e divulgação desta produção literária inédita junto da população em geral”.

O júri do prémio 2014/2015 reuniu, no passado dia 30 de junho, e decidiu, por unanimidade, atribuir o prémio a João Morgado, que concorreu com o título “O Danado”.

O júri foi composto pelo presidente do conselho de curadores da Fundação Lions de Portugal, Carlos Vieira, que presidiu, por Joaquim dos Santos Correia, pelas Lions Manuela Brito Rocha e Isabel Moreira e pelo assessor do concurso, Gaspar Albino.

A cerimónia pública de entrega do prémio terá lugar na Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada, no próximo dia 18 de julho, no decorrer da primeira reunião dos Lions de Portugal deste novo ano Lionístico, que arrancou a 1 de julho.

João Morgado nasceu em 1965 na Covilhã. É formado em Comunicação pela Universidade da Beira Interior e tem um mestrado em Estudos Europeus na Universidade de Salamanca. Trabalhou como jornalista e, para além da imprensa regional, colaborou com o “Público” e o semanário “Sol”. Atualmente é chefe de Gabinete do presidente da Câmara de Belmonte. Já exerceu iguais funções nas câmaras de Castelo Branco e Covilhã.

Na literatura, afirmou-se com dois romances «Diário dos Infiéis» (2010) e «Diário dos Imperfeitos» (2012), vencedor do Prémio Literário Virgílio Ferreira. Estas duas obras foram adaptadas ao teatro pela ASTA – Associação de Teatro e outras Artes.

Entre os livros publicados, destacam-se ainda «Meio-Rico», contos (2011); «Pássaro dos Segredos», conto ilustrado (2014); «Para Ti», poesia (2014) e “Vera Cruz” (2015).




Conteúdo Recomendado