Dia Mundial do Teatro assinalado em Celorico, Covilhã, Fundão, Guarda e Pinhel

Hoje é Dia Mundial do Teatro, uma efeméride que a ESTE – Estação Teatral, a ASTA e o TeatrUBI vai assinalar esta noite, respetivamente, n’A Moagem (Fundão) e no Teatro Municipal da Covilhã.

A ESTE apresenta a peça “Uma pequena história do mundo”, com dramaturgia e encenação de Nuno Pino Custódio e interpretação de Roberto Querido e Tiago Poiares. É mais uma produção em que a companhia explora o espaço, a plasticidade dos corpos, a arte da encenação e a centralidade do trabalho do ator. O espetáculo desta noite tem entrada livre, sendo que a peça será reposta nos dias 4, 5 e 6 de abril. Na Covilhã, a ASTA e o TeatrUBI, que estão a organizar o 18º Ciclo de Teatro Universitário da Beira Interior, sobem ao palco com “Diário dos Imperfeitos”, a partir da obra homónima do escritor João Morgado. Em Pinhel, o dia é celebrado com o IX Festival de Teatro Sénior no Cineteatro São Luís. Participam os grupos das universidades seniores de Pinhel, Gondomar, Santa Maria da Feira, de Miranda do Corvo e de Cabeceiras de Basto, numa organização da Universidade Sénior local, em parceria com a RUTIS – Rede de Universidades da Terceira Idade. Amanhã à noite, na Guarda, a Associação Guarda 1.056 recebe “Há Dias Assim”, da ASTA, que será representada na sede da coletividade, situada na Estação. Trata-se de uma iniciativa do núcleo distrital da EAPN (Rede Europeia Anti-Pobreza). A efeméride é assinalada no sábado à noite no Centro Cultural de Celorico da Beira, onde o Teatro do Imaginário, do Manigoto (Pinhel), interpreta a peça “A Casa da Memória”, encenada por Alexandre Sampaio a partir da obra homónima de Daniel Rocha. A interpretação é de Ana Mesquita, Bernardo Cerdeira, Daniel Ferreira, Diogo Cerdeira, Diogo Paulino, Fernanda Fernandes, José Ferreira, Maria Gonçalves, Maria Luisa Mesquita e Sofia Paulino.




Conteúdo Recomendado