Portugal, a BI, a Cova da Beira e as Taxas e Políticas de Natalidade

Segundo o Eurostat e diversa imprensa que se fez eco do facto, Portugal registou no ano passado a taxa de natalidade mais baixa da UE, de 7,9 crianças por mil habitantes, inferior à de mortalidade (10,2), contrariando até algum aumento da população na Europa (cf. Eurostat).


“Sismo Demográfico”

O distrito da Guarda não terá hoje mais de 160 mil habitantes e em cada ano perde cerca de 1800 pessoas por ano.


Teoricamente falando

Teoricamente, em maio de 2014 a Troika ir-se-á embora e o memorando finda.


Mais impostos? Não!

O aumento recente da carga fiscal sobre o trabalho mostra o desespero dos responsáveis em aumentar tributos que possam equilibrar as contas, ainda deficitárias, do Estado.


Subsídios para uma exigente reforma do IRS

Está em curso uma reforma do IRS, iniciada com a nomeação da competente Comissão, da qual se esperam avanços significativos, estando esta expectativa legitimada pela valia dos membros da referida Comissão. Se de algum modo pudéssemos contribuir com o nosso humilde pensamento para o bom êxito de uma reforma, haveríamos de propor alterações na tributação sobre o rendimento que :


Resgate, Programa Cautelar ou Livre Acesso ao Mercado?

Qualquer financiamento do Estado Português, sem as regras pesadas do Memorando da Troika, poderá verdadeiramente vir a ser feito a taxas de juro inferiores às do Resgate, praticadas pelo FMI e BCE?


Reformar Serviços Municipais. Qual é a pressa?

Num tempo em que se discute a ação do verbo “REFORMAR”, gostaria de abordar um exemplo que flagra o desconhecimento de quem legisla, e o quanto isso obsta à implementação de reformas úteis e oportunas.



Saída da Troika, novo resgate para quando?

Amanhã será anunciada a saída da Troika, significará que as três entidades que nos emprestaram 78 mil milhões de euros em 2011, mediante as condições especiais acordadas com o Governo de então, vão sair e deixar o país auto-governar-se!


Ficar ou não ficar no Euro

A UE está preparada para que um ou dois Estados deixem a zona euro; e a Grécia será, inevitavelmente, o primeiro.