Membros da Comunidade

Alexandre Gonçalves
16:27

Pinturas Que Não Sei Apagar III

As últimas décadas do século XX, época de veementes e profundas fracturas e de possantes e vigorosos “apressuramentos” da experiência do tempo sentido e vivido, contemplaram o aparecimento da “indispensabilidade” da memória. Algumas das memórias do século XX desaguaram em experiências e em vivências traumáticas oriundas de guerras, massacres, carnificinas e genocídios. Será que não […]

Alexandre Gonçalves
20 Março, 2017

Pinturas Que Não Sei Apagar II

A guerra envolvia elevadas doses de sofrimento humano e delatava os equívocos políticos e as mentiras confeccionadas pelos senhores da guerra que de modo totalmente injustificado a prolongavam.

Alexandre Gonçalves
13 Março, 2017

Pinturas Que Não Sei Apagar I

A memória pode ser degustada como um mecanismo de representação que possibilita conceber uma imagem do passado que corresponde a determinadas telas de significação contemporâneas.

Alexandre Gonçalves
6 Março, 2017

Tão Modesta Quanto Eu II

“A ausência de competitividade entre os dois mercados de arrendamento tende a ser reforçada por algumas configurações…”

Alexandre Gonçalves
27 Fevereiro, 2017

Tão Modesta Quanto Eu I

“O conceito de “mercado social de arrendamento” tem vindo, ao longo dos tempos, a ser utilizado e aproveitado na designação, na significação e na superfície de diligências e de actividades habitacionais”.

Alexandre Gonçalves
20 Fevereiro, 2017

Ilha De Náufragos III

Os crimes sexuais, principalmente os perpetrados contra menores, são do mais macabro e triste que existe na nossa sociedade.

Alexandre Gonçalves
13 Fevereiro, 2017

Ilha De Náufragos II

A castração química, na sua configuração punitiva, estabelecida coercitivamente pelo Estado, acaba por ser compreensível e até constitucional, não alterando ou afectando os alicerces “elementares” decretados pela Constituição Portuguesa.

Alexandre Gonçalves
6 Fevereiro, 2017

Ilha De Náufragos I

Será que devemos ter medo das palavras? Será que devemos ser sempre politicamente correctos?

Alexandre Gonçalves
30 Janeiro, 2017

Cobertos Por Farrapos de Tempo IV

Podemos seguramente referir que o itinerário de um indivíduo ex-toxicodependente, desde o período em que se metamorfoseia em consumidor até ao momento em que é reintegrado na sociedade, compreende três socializações bastante dissemelhantes.

Alexandre Gonçalves
23 Janeiro, 2017

Cobertos Por Farrapos de Tempo III

Na realidade, a prevenção e o tratamento em relação ao uso e abuso de drogas, assim como a reinserção social e familiar constituem movimentos associados às políticas de saúde, de educação e de assistência social.

Acompanhe toda a atualidade da Região! Subscreva a nossa newsletter.