Vinhos do concelho de Gouveia destacam-se na gala “Os Melhores Vinhos do Dão”

A gala de entrega de prémios do concurso realizou-se no passado dia 12 de julho no Solar do Vinho do Dão.

A Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR do Dão) realizou, pelo nono ano consecutivo, o Concurso “Os Melhores Vinhos do Dão Engarrafados”, que reconhece com medalhas de Platina, Ouro e Prata, os melhores vinhos produzidos na região demarcada do Dão.  O concurso realizou-se no passado dia 12 de julho, no Salão Nobre do Solar do Vinho do Dão, presidido por Beatriz Machado, diretora de Vinhos do hotel “The Yeatman”.

Os vinhos do concelho de Gouveia que foram premiados com medalhas de ouro foram Casa da Passarella, A Descoberta (branco, 2018), Quinta da Ponte Pedrinha, Vinhas Velhas (tinto, 2015), Casa da Passarella Villa Oliveira (tinto, 2014), e Pedra D’Orca Reserva (tinto, 2015), Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem. O enólogo Anselmo Mendes arrecadou a medalha de ouro para o vinho Anselmo Mendes (tinto, 2015), da Anselmo Mendes Vinhos, Lda.

Dos vinhos premiados, para além do grande vencedor, “Tesouro da Sé”, da União das Adegas Cooperativas do Dão (UDACA), arrecadaram as medalhas de platina o “Maria João”(Quinta do Solar de Arcediago) e “Vinha dos Amores”(Sociedade Agrícola de Santar), ambos brancos, o “Quinta das Camélias”, rosé, de Jaime de Almeida Barros e o “Adro da Sé”, branco, também da UDACA. 

 

Lista dos premiados
MELHOR VINHO
– Tesouro da Sé (tinto, 2015), UDACA – União das Adegas Cooperativas do Dão

PLATINA
– Tesouro da Sé (tinto, 2015), UDACA – União das Adegas Cooperativas do Dão
– Maria João (branco, 2013), Quinta do Solar do Arcediago – Agro Turismo. L.da
– Quinta das Camélias (rosé, 2018), Jaime de Almeida Barros, L.da
– Adro da Sé (branco, 2017), UDACA – União das Adegas Cooperativas do Dão
– Vinha dos Amores (branco, 2014), Sociedade Agrícola de Santar, S.A

OURO
– Julia Kemper (branco, 2016), Julia Kemper Wines, S.A
Casa da Passarella, A Descoberta (branco, 2018), O Abrigo da Passarela, Lda
– Casa da Ínsua (branco, 2018), Empreendimentos Turísticos Montebelo – Sociedade de Turismo e Recreio
– Paço dos Cunhas Vinha do Contador (branco, 2014) Paço de Santar Vinhos do Dão, S.A
– Invulgar (tinto, 2015), UDACA – União das Adegas Cooperativas do Dão
Pedra do Gato Premium (tinto, 2015), Passarela – Sociedade do Dão, Lda.
– Cabriz Reserva (tinto, 2014), Global Wines, S.A
– Cabriz (25 anos, tinto 2011), Global Wines, S.A
Quinta da Ponte Pedrinha Vinhas Velhas (tinto, 2015), Maria de Lourdes Mendes Oliva Nunes Albuquerque Osório
Pedra D’Orca Reserva (tinto, 2015), Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem
– Morgado de Silgueiros Reserva (tinto, 2014), Adega Cooperativa de Silgueiros
– Adega de Penalva Reserva (tinto, 2013), Adega Cooperativa de Penalva do Castelo
– Quinta dos Carvalhais Reserva (tinto, 2016), Sogrape Vinhos
– Casa de Santar (tinto, 2016), Sociedade Agrícola de Santar, S.A
Casa da Passarella Villa Oliveira (tinto, 2014), O Abrigo da Passarela, Lda
– Foral D. Henrique 25 anos (tinto, 2015), Adega Cooperativa de Mangualde
– Elpenor Reserva (tinto, 2014), Julia Kemper Wines, S.A
– Titular (tinto, 2015), Caminhos Cruzados, Lda
– Chão da Quinta (tinto, 2015), Chão de São Francisco – Sociedade de Vitivinicultura e Turismo Rural, Lda
– Adega de Penalva (tinto, 2017), Adega Cooperativa de Penalva do Castelo
– Julia Kemper (tinto, 2012), Julia Kemper Wines, S.A
– Castelo de Azurara (branco, 2011), Adega Cooperativa de Mangualde
– Morgado de Silgueiros (tinto, 2014), Adega Cooperativa de Silgueiros
– Titular Reserva (branco, 2017), Caminhos Cruzados
– Castelo de Azurara (branco, 2016), Adega Cooperativa de Mangualde
– Adega de Penalva (branco, 2017), Adega Cooperativa de Penalva do Castelo
– Adega de Penalva (jaen, tinto, 2017), Adega Cooperativa de Penalva do Castelo
– Adega de Penalva (tinta-roriz, tinto, 2017), Adega Cooperativa de Penalva do Castelo
Anselmo Mendes (tinto, 2015), Anselmo Mendes Vinhos, Lda.
– Cabriz Reserva (branco, 2018), Global Wines, S.A
– Ladeira da Santa Grande Reserva (tinto, 2016), Ladeira da Santa, S.A

PRATA
– Quinta da Ramalhosa (branco, 2017), Paulo Jorge Batista Ferreira



Fotogaleria


Conteúdo Recomendado