Região mais envelhecida da Europa fica em Castelo Branco

Fonte: http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2014-01-15-gnr-comeca-mais-uma-campanha-de-sinalizacao-de-idosos-que-vivem-sozinhos-ou-isolados;jsessionid=7FB48A5685AC6F0C3A96CF6AC42283B7

Políticas do Governo e falta de emprego não ajudam a atrair jovens para o Pinhal Interior Sul, afirma autarca.

A região do Pinhal Interior Sul, no distrito de Castelo Branco, é a mais envelhecida da Europa, indicou esta segunda-feira o Eurostat com base em dados do ano passado.

De acordo com o gabinete de estatística da União Europeia, a redução da natalidade e a falta de emprego são apontadas como as principais causas do envelhecimento da população naquela região, onde se situam os municípios de Vila de Rei, Oleiros, Sertã e Proença-a-Nova.

No ano passado, 32,4% da população do Pinhal Interior Sul tinham mais de 65 anos, o que tornava esta região a mais envelhecida da União Europeia.
Para inverter esta situação, o presidente da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, João Paulo Catarino, defende, em declarações à Renascença, que é preciso discriminar positivamente a região na procura de investimento.

“Nós temos hoje uma qualidade de vida inquestionável, das melhores do país e, provavelmente, da União Europeia. Não temos cá pessoas porque não temos emprego. Temos boas acessibilidade, mas não temos investimento privado e esse investimento privado tem que ser majorado em função das regiões”, apela João Paulo Catarino.

O autarca de Proença-a-Nova acusa, por outro lado, o poder central de marginalizar a região. “Como é que se consegue captar uma família para viver nestes territórios quando ouve nas notícias que vão fechar os tribunais, as finanças, que o centro de saúde fecha às oito da noite?”.

João Paulo Catarino critica o centralismo existente em Portugal e dá exemplos: “Um país que tem um estabelecimento prisional ao cimo do Parque Eduardo VII e que tem o Instituto Superior de Agronomia na Tapada da Ajuda, só não tem tudo no Terreiro do Paço porque não há lá espaço”, afirma.

Para o presidente da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, se algumas destas infra-estruturas fossem transferidas de Lisboa para o interior do país fariam a diferença.

A segunda região mais envelhecida da Europa situa-se em Evrytania, na Grécia, de acordo com o Eurostat.

A região mais jovem em Portugal é o arquipélago dos Açores, com 17,5% de jovens com menos de 15 anos.

O Eurostat publica estes dados a propósito do início da Semana Europeia das Cidades e Regiões.



Conteúdo Recomendado