Seia volta a ter “Aldeia Natal” com decorações naturais e sem Pai Natal

“O cenário é único” e quem visita a povoação nesta altura do ano “pode vivenciar o verdadeiro Natal das gentes mais genuínas da montanha”.

A aldeia de Cabeça, na Serra da Estrela, no concelho de Seia, vai transformar-se em “Aldeia Natal” pelo sétimo ano consecutivo e “voltar a dispensar o Pai Natal”, foi hoje anunciado.

De 07 de dezembro a 01 de janeiro de 2020, aquela povoação “volta a ser a aldeia de Natal mais típica e ecológica do país”, onde o Natal “é tão genuíno e puro como o ar que se respira na Serra da Estrela”, segundo a Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede Aldeias de Montanha (ADIRAM).

A fonte refere que “há muito que os habitantes de Cabeça trabalham na mais peculiar e sustentável aldeia de Natal”.

“Tudo é feito com as mãos sábias dos cerca de 170 moradores desta Aldeia de Montanha e com materiais da Natureza, como as giestas, as videiras, os pinheiros, folhas de fetos, lã das ovelhas bordaleiras, canas de milho e ainda outros materiais reciclados e que resultam das limpezas cirúrgicas das florestas do Parque Natural da Serra da Estrela e terrenos vizinhos”, lê-se na nota.

De acordo com a organização, “todo o trabalho é feito pela comunidade, com o empenho de todas as coletividades da aldeia, da ADIRAM e do município de Seia”.

A nota acrescenta que na aldeia de Cabeça “o cenário é único” e quem visita a povoação nesta altura do ano “pode vivenciar o verdadeiro Natal das gentes mais genuínas da montanha”.

Durante o evento natalício, “as portas de casa dos habitantes estão abertas, o pequeno comércio tradicional, as tasquinhas e as ruas são espaços em que a comunidade se funde com os visitantes”.

Segundo a fonte, haverá várias atividades paralelas na “Aldeia Natal”, como ‘workshops’ e oficinas de Natal (“Sabores de Natal”, “Cozinha de Natal do Mundo”, “Cozinha do Bosque” e enfeites natalícios), uma mostra do cobertor de papa (ainda usado pelos pastores da Serra da Estrela como agasalho), oficinas de cosmética natural, de cestaria tradicional e de feltragem.

O programa inclui ainda, entre outras propostas, a realização do 3.º Trail Aldeia Natal, um evento desportivo organizado pelo Conselho Diretivo dos Baldios de Cabeça.

Como a organização espera uma grande afluência de público, para evitar a acumulação de lixo nos contentores, os visitantes serão incentivados a levarem os desperdícios para depósitos em ecopontos urbanos.

“Da mesma forma, os visitantes são incentivados a partilharem os automóveis e assim evitarem congestionar a aldeia”, remata a organização.

A iniciativa “Aldeia Natal” integra o Plano de Animação da Rede de Aldeias de Montanha, integrado na EEC PROVERE iNature, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do CENTRO 2020 – Programa Operacional Regional do Centro.




Conteúdo Recomendado