Mais de 93 mil euros de artigos contrafeitos apreendidos no distrito da Guarda

O Comando Territorial da Guarda realizou ações de fiscalizção a feiras e mercados e identificou 11 pessoas pela prática do crime de contrafação.

Entre o dia 1 de junho e o dia de hoje, dia 4 de junho, o Comando Territorial da Guarda apreendeu milhares de artigos contrafeitos, em diferentes locais do distrito, que se encontravam à venda ao público.

A GNR realizou ações de fiscalização a feiras e mercados nas localidades de Vilar Formoso, Loriga, Vila Nova de Foz Côa e Mêda, tendo sido apreendidos 4 328 artigos contrafeitos, entre vestuário, calçado e acessórios de moda, com o valor presumível de 93 800 euros, refere uma nota informativa da GNR.

Nestas ações foram identificadas 11 pessoas, das quais, cinco mulheres e seis homens, com idades compreendidas entre os 20 e os 59 anos, pela prática do crime de contrafação.

Estas ações surgem com o objetivo de combater ilícitos relacionados com a contrafação e de zelar pelos Direitos da Propriedade Intelectual, explica fonte da GNR. Os factos foram remetidos ao Ministério Público.



Fotogaleria


Conteúdo Recomendado