GNR deteve homem de 65 anos por posse de armas proibidas em Vila Nova de Foz Côa

Militares da GNR de Vila Nova de Foz Côa, no distrito da Guarda, detiveram na terça-feira um homem de 65 anos por posse de armas proibidas naquela cidade do Douro Superior, foi hoje divulgado pelas autoridades policiais.

“Na sequência de uma denúncia relacionada com um ataque de canídeos naquela localidade, os militares da Guarda deslocaram-se ao local e encetaram diligências policiais a fim de apurar mais detalhes acerca da ocorrência”, indica a GNR em comunicado.

Segundo aquela força de segurança, no decorrer da ação e enquanto apuravam as circunstâncias do ataque, constataram que na casa do suspeito existia uma bengala em que o punho estava separado do corpo da mesma, sendo evidente a presença de uma peça de ferro que unia as duas partes da bengala.

“Face às suspeitas de que se tratava de uma arma dissimulada, foi realizada uma busca domiciliária, tendo sido apreendidas duas bengalas que continham no seu interior duas superfícies perfurantes de construção artesanal (armas brancas dissimuladas), concretiza a nota envida á Lusa.

O detido foi constituído arguido, e os fatos foram comunicados ao Tribunal de Vila Nova de Foz Côa.



Conteúdo Recomendado