GNR deteve homem de 63 anos em Pinhel por violência doméstica

Um homem de 63 anos foi detido pela GNR no concelho de Pinhel, distrito da Guarda, por suspeita de um crime de violência doméstica, estando proibido de contactar com a mulher, informou esta quarta-feira o Comando Territorial da Guarda.

Em comunicado, o Comando Territorial da Guarda da GNR adiantou que o suspeito foi detido na segunda-feira, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE).

Na terça-feira foi sujeito ao primeiro interrogatório judicial, tendo o Tribunal Judicial da Guarda decretado a proibição de contactar com mulher e a obrigatoriedade de apresentações semanais no posto territorial da área de residência.

“No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a mulher de 41 anos e os seus dois filhos menores, de 17 e 14 anos, chegando a ameaçá-los de morte”, sublinha a nota.

Durante uma busca domiciliária, os elementos da GNR apreenderam uma arma de ar comprimido, uma arma com características de um “taser” e 19 munições e cartuchos de diversos calibres.



Conteúdo Recomendado