Covid-19: Empresa de Pinhel cria dois modelos de dispensador de álcool gel com pedal

Uma empresa de Pinhel desenvolveu dois modelos de dispensador de álcool gel com recurso a um pedal, para utilização em espaços interiores e exteriores, que evitam que os utilizadores toquem no equipamento com as mãos.

As estruturas dos dispensadores são construídas em metal e foram idealizadas por Carlos Pinheiro, proprietário da Serralharia D’Arte, Lda., que tem sede na zona industrial de Pinhel, no distrito da Guarda.

“A ideia foi minha. Gosto de inovar e considero que não tem lógica, numa altura em que se pede às pessoas que evitem contactos com superfícies, que tenham de tocar com as mãos num doseador de álcool gel para as desinfetarem. Faz mais sentido carregarmos com um pé, sem termos de tocar nos produtos”, justificou hoje o empresário à agência Lusa.

Os dois modelos de dispensadores fabricados na serralharia de Carlos Pinheiro são idênticos e a diferença relaciona-se, essencialmente, com o facto de um ter uma fechadura e outro uma “portinha” no local onde o doseador é acondicionado.

As estruturas metálicas, que podem ser personalizadas com referências institucionais, têm a altura de cerca de um metro, uma base de 30×30 centímetros, pesam perto de oito quilogramas e são compatíveis para embalagens de doseadores até nove centímetros de diâmetro.

O empresário disse à Lusa que apostou no fabrico de doseadores metálicos com pedal, não por escassez de trabalho, porque até teve “necessidade de parar algum serviço” para os produzir, mas para dar resposta a uma necessidade verificada no contexto do combate à pandemia causada pela covid-19.

“Não quer dizer que não tenha visto uma oportunidade no mercado, mas foi, essencialmente, para responder a uma necessidade, porque é mais funcional assim [um dispensador de álcool gel com pedal] do que carregar diretamente com a mão”, justificou.

Carlos Pinheiro contou que idealizou o primeiro modelo do produto (com fechadura para acondicionar o doseador) no fim de semana de 16 e 17 de maio e, na segunda-feira (dia 18), começou a sua produção.

O segundo modelo (considerado produto ‘low cost’), que o empresário designou por “6400” – em homenagem ao Código Postal da cidade de Pinhel – começou hoje a ser fabricado.

Do primeiro modelo já foram produzidas “para cima de 150 unidades e não chegam para as encomendas”, disse o responsável, adiantando que entre os clientes da região e de vários pontos do país se encontram a Câmara Municipal de Pinhel e comerciantes.

A Serralharia D’Arte, Lda., que fabrica balaústres em ferro forjado e possui sete trabalhadores, teve a sua origem em 1890 com o avô do atual proprietário Carlos Pinheiro.




Conteúdo Recomendado