Centro de Rastreio da Covid-19 entrou hoje em funcionamento no Complexo Desportivo da Covilhã

A Cova da Beira une esforços no combate à pandemia.

Esta estrutura, que permitirá reforçar a capacidade de resposta na deteção da Covid-19, resulta do esforço conjunto das autarquias da Covilhã, Belmonte e Fundão, do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, do Agrupamento de Centros de Saúde da Cova da Beira (ACES-CB), da Universidade da Beira Interior e do Labfit – HPRD.

O Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, destaca o investimento conjunto dos Municípios da Covilhã, Belmonte e Fundão nesta estrutura, no valor de 150 mil euros, e sublinha a união das três autarquias: “Esta é a prova de que os Municípios da Cova da Beira estão unidos e movidos pelo mesmo propósito: salvar vidas e garantir a saúde da comunidade”.

Para o Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, João Casteleiro, “este é um bom exemplo da sinergia das entidades envolvidas na criação desta estrutura de rastreio. Não pode ser só a saúde a fazer o esforço para testar a população”, afirmou o responsável, elogiando o esforço conjunto e a atitude proativa das autarquias e das entidades envolvidas.

O Centro de Rastreio está capacitado para a realização de 50 testes diários e vai dar resposta a eventuais casos de infeção que venham ser assinalados, mediante prescrição médica e marcação, pelas autoridades de saúde.



Conteúdo Recomendado