UBI aposta na Formação Cultural

http://static.panoramio.com

Em janeiro de 2015, a Universidade da Beira Interior vai promover um curso para agentes culturais. A iniciativa surge no âmbito do novo curso ministrado naquele estabelecimento de ensino superior, de ciências da cultura, que tem como uma das saídas a de agentes culturais.

Para o efeito, a UBI e a universidade federal da Baia (Brasil), que tem um instituto de humanidades, artes e ciências, que trabalha na área da cultura, estabeleceram um protocolo, como explica o director da Faculdade de Artes e Letras

“Esteve entre nós, durante uma semana a realizar conferências, o professor Paulo Migues, que foi secretário de estado da cultura do ministro Gilberto Gil  e com ele discutimos a possibilidade de em janeiro de 2015 fazer um curso intensivo para agentes culturais”, afirma o docente

O curso será aberto a estudantes de graduação da universidade da Beira Interior, mas também à comunidade em geral, principalmente a quem trabalha no domínio cultural.

Posteriormente, num contacto com a comissão cívica criada na Covilhã para comemorar aos 40 anos do 25 de Abril, estuda-se a possibilidade de a universidade efectuar um curso para dirigentes associativos. Para Paulo Serra a UBI tem todas as capacidades para abarcar um projecto destes ” através das Faculdades de Artes e Letras e de Ciências Sociais e Humanas existem têm capacidade para, nas áreas da contabilidade, recursos humanos e da comunicação, formatar um curso que seria dirigido aos dirigentes associativos sobre assuntos tão elementares como, pro exemplo, o que é essencial para fazer a contabilidade de uma associação, o que é preciso para organizar um evento ou até uma informação para a comunicação social”, acrescenta.

Um curso que pode ser candidatado a uma entidade que promova apoios nesta área. De acordo com o docente, a UBI está cada vez mais a abrir janelas de cooperação com a região “recentemente foi anunciada a criação de pós graduação em gestão, entre a FCSH da UBI e a CMF, na área do cinema provavelmente também haverá colaborações a fazer. Este ano, a UBI vai organizar um curso de Verão dirigido aos estudantes do ensino secundário, penso que há muitas vias abertas neste sentido”, sustenta o diretor da Faculdade de Artes e Letras.

Formação e interação com a comunidade em que está inserida são apostas que a UBI pretende alcançar.




Conteúdo Recomendado