Testes a utentes do Lar da Misericórdia do Fundão deram todos negativos

Os testes à covid-19 aos utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia do Fundão deram todos negativos, mas uma das funcionárias entretanto testada deu positivo, disse à agência Lusa o provedor daquela instituição, Jorge Gaspar.

“Apesar de tudo, é uma boa notícia, porque temos os nossos 86 utentes negativos e isto mostra que a instituição adotou os planos de contingência adequados e que as normas foram cumpridas escrupulosamente por todos os funcionários porque, de outra forma, poderíamos ter uma situação muito mais complicada”, referiu Jorge Gaspar.

Os testes neste lar começaram a ser realizados na sequência de casos de contágio por covid-19 em cinco pessoas da mesma família naquele concelho, sendo que uma delas era funcionária do Lar da Santa Casa da Misericórdia.

Perante isto, foram imediatamente testados todos os utentes, bem como as 17 funcionárias que trabalhavam mais diretamente com a situação detetada e onde se regista um novo caso.

Por precaução, também estão a ser realizados testes aos restantes 30 trabalhadores do lar, sendo que estes tiveram “pouco ou nenhum contacto” com o primeiro caso.

As visitas nas valências da instituição também foram canceladas e a situação vai manter-se, até que estão reunidas todas as condições de proteção.

O provedor da Santa Casa da Misericórdia do Fundão apela ainda a que todos redobrem os cuidados de prevenção, principalmente nesta fase de desconfinamento.

Este responsável explicou ainda que a funcionária que, entretanto, testou positivo, se encontra assintomática e que está a ser acompanhada em casa, sendo que ficou logo de quarentena assim que se soube que a colega tinha sido infetada.

A situação das cinco pessoas também levou ao encerramento, “por precaução”, do infantário de Aldeia Nova do Cabo e à realização de testes a todas as crianças e funcionários do espaço que era frequentado por duas crianças daquela família, sendo que ainda se aguarda os resultados destes testes.

Noutra frente, foram ainda testados 27 bombeiros da corporação do Fundão, todos com resultado negativo para covid-19.

A linha de contágio familiar começou com uma senhora de cerca de 60 anos que sofre de patologias graves e que é acompanhada numa unidade de saúde de fora da região, onde se pressupõe que terá sido infetada.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 468 mil mortos e infetou mais de 8,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.530 pessoas das 39.133 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.



Conteúdo Recomendado