Anunciados novos projetos sociais no distrito de Castelo Branco

O diretor da Segurança Social do distrito de Castelo Branco revelou que a Rede Social do distrito vai ser reforçada com mais alguns projetos.

No setor social o distrito de Castelo Branco gera cerca de 4.400 empregos, com um investimento que ronda os 82 milhões de euros, sem contabilizar a contribuição dos utentes, repartidos pelas 158 Instituições Particulares de Solidariedade Social existentes no distrito. Melo Bernardo acrescenta que a esta rede há que somar mais sete unidades de Cuidados Continuados Integrados que disponibilizam 286 camas e absorvem um investimento do Estado de cerca de 41 milhões de euros.

No âmbito do Portugal 2020 vão surgir oito novos projectos e mais sete estão em fase final de aprovação financeira, no âmbito de dois grandes programas, um deles da Rede Local de Intervenção Social “mais uma politica de proximidade”. Melo Bernardo falou à margem do Dia Nacional do Património das Misericórdias para acrescentar que “o Estado só pode ter esta acção social em parceria com as Misericórdias, entre outras Instituições Particulares de Solidariedade Social”.



Conteúdo Recomendado