Serra da Estrela vai Pedalar por uma Causa

A iniciativa solidária da Rubis Gás vai decorrer durante a Volta a Portugal e apoiará três instituições, entre elas o Centro Social Paroquial N.ª Sr.ª Assunção, de Vila Nova de Tazem.

A Torre, na Serra da Estrela, será o palco da chegada da 4.ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta, dia 4 de agosto, e irá, por isso, receber a iniciativa solidária “Pedalar por uma Causa”, um projeto da Rubis Gás cujo valor angariado reverterá para três instituições.

Pelo quarto ano consecutivo, a Rubis Gás volta a ser patrocinador oficial da Camisola Verde na Volta a Portugal em bicicleta e pelo terceiro ano promove a iniciativa “Pedalar por uma Causa”.

Assim, em cada etapa da Volta a Portugal, na Feira da Animação das Chegadas, haverá uma estrutura com bicicletas para todos os que queiram contribuir para esta causa.

Cada quilómetro pedalado equivale a cinco euros. No final, serão contabilizados todos os quilómetros percorridos e o valor será repartido por três instituições: a CAPITI, a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Lisboa (APPACDM Lisboa) e o Centro Social Paroquial N.ª Sr.ª Assunção.

Em 2018, milhares de pessoas pedalaram para apoiar o Centro de Acolhimento Temporário de Tercena, a GASTagus e a Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel (Açores).

A Torre será, assim, o quinto local a receber esta iniciativa, depois de Viseu (Prólogo), Leiria, Loures e Castelo Branco, uma vez que é aqui que irá terminar a 4.ª etapa da Volta a Portugal, dia 4 de agosto. As bicicletas estarão montadas no stand da Rubis Gás, na Feira da Animação das Chegadas, a partir das 14h00.

A cidade da Guarda será o palco da chegada da 5.ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta, dia 5 de agosto, e irá, por isso, também receber a iniciativa solidária.

A 81.ª edição da Volta a Portugal começa dia 31 de julho, em Viseu, e termina a 11 de agosto, na Avenida dos Aliados, no Porto, sendo o grande destaque o regresso da prova rainha do ciclismo português à cidade Invicta. Estão inscritos mais de 140 atletas, de 20 equipas, para os 11 dias de competição.

Guarda é a cidade escolhida para ‘Dia de Descanso’ da 81.ª Volta a Portugal em bicicleta




Conteúdo Recomendado