Sabugal promove evento dedicado à fotografia de natureza

A Câmara Municipal do Sabugal vai organizar, nos dias 02 e 03 de novembro, um evento dedicado à fotografia de natureza, com o objetivo de promover o património natural e cultural do concelho.

O programa do evento denominado “Naturcôa” inclui conferências, ‘workshops’, exposições e um passeio fotográfico.

“Unidos no grande objetivo de partilhar conceitos, perspetivas e modos de vida que nos possam aproximar de uma visão de futuro alicerçada na sustentabilidade, filhos da terra, cientistas, profissionais da imagem e amantes das maravilhas naturais e culturais vão marcar presença no ‘Naturcôa'”, refere em comunicado a autarquia do Sabugal.

Segundo a fonte, a iniciativa tem como principal propósito “partilhar, problematizar e valorizar as grandes riquezas naturais e culturais do território sabugalense junto dos munícipes, visitantes e parceiros”.

A autarquia também pretende “dar a conhecer os valores naturais e histórico-culturais do concelho à sua população, sensibilizando para a importância afetiva, mas também económica e funcional”.

Explorar as riquezas naturais e culturais como atrativo à visitação e descoberta do “rico território”, de modo a potenciar o turismo e sustentabilidade da região, e dar a conhecer empresas e marcas locais “que ofereçam bons produtos e/ou serviços de alguma forma relacionados com a valorização da natureza/património cultural e mostrá-los como exemplos de empreendedorismo e vitalidade económica da região”, são outros dos objetivos delineados pela entidade promotora.

A autarquia lembra que, no concelho do Sabugal, situado no distrito da Guarda, junto da fronteira com Espanha, nasce o rio Côa, que é o “responsável direto ou indireto por grande parte do património cultural (material e imaterial) e natural” existente naquele território.

O vereador com o pelouro da cultura e do turismo na autarquia do Sabugal, Amadeu Neves, reforçou, em declarações à agência Lusa, que o “Naturcôa” é “mais uma forma” de o município promover o concelho e as suas potencialidades naturais e culturais.

Segundo o autarca, no evento são esperados “mais de 100 participantes”.

“As inscrições estão a decorrer e, neste momento, já temos mais de 70”, observou.

Serão oradores no ‘Naturcôa'”, entre outros, Rui Gaiola (fotógrafo), Ricardo Guerreiro (fotógrafo e realizador de documentários de natureza) e Luis Quinta (fotógrafo e realizador de história natural).

Segundo a organização, o evento reflete “uma consciência ecológica e de ligação à natureza exemplar para os participantes e oradores”, daí que, entre outras iniciativas, durante a sua realização, haverá água gratuita nas conferências, o uso de papel será reduzido ao indispensável e o pagamento do valor das entradas nas conferências será convertido na aquisição de árvores (Carvalho negral – Quercus pyrenaica) para serem plantadas no Sabugal.




Conteúdo Recomendado