Guarda, Gouveia e Fundão criam rede literária

Os Municípios da Guarda, Gouveia e Fundão assinaram, dia 1 de março, o protocolo de constituição da rede “Ler e Partir – Geografias Literárias de Eduardo Lourenço, Eugénio de Andrade e Vergílio Ferreira”.

A sessão teve lugar na Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira, em Gouveia.

O objetivo deste protocolo prende-se com a construção de uma rede em torno dos espaços emblemáticos na vida e na obra destes escritores. Guarda com Eduardo Lourenço e Vergílio Ferreira, Póvoa de Atalaia-Fundão com Eugénio de Andrade e Melo-Gouveia com Vergílio Ferreira. Vão estar associadas: a Casa da Poesia Eugénio de Andrade e a futura Casa da Palavra Vergílio Ferreira e as Bibliotecas Municipais Vergílio Ferreira de Gouveia, Eduardo Lourenço da Guarda e Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade no Fundão.

Dada a importância e o valor literário dos três escritores, o projeto trabalhará a partir do património material e imaterial de cada município, de uma forma complementar, pluridisciplinar e integrada, reforçando o conhecimento dos escritores, que se notabilizaram pela dimensão estética e força comunicativa das suas criações literárias, nomeadamente através de uma perspetiva que se diferencia pela criação de roteiros literários específicos e por uma rede de cooperação cultural intermunicipal.




Conteúdo Recomendado