Grupo de Música Contemporânea envolve habitantes de aldeia da Guarda na criação de obra

O Síntese – Grupo de Música Contemporânea vai organizar, no fim de semana, uma atividade cultural em Aldeia do Bispo, Guarda, que envolverá a população na criação de uma obra musical, foi hoje anunciado.

A atividade “Vanguarda na Aldeia”, que os promotores consideram “inédita” no país, vai decorrer no sábado e no domingo, na sede do grupo Síntese, na antiga Escola Primária de Aldeia do Bispo, no concelho da Guarda.

Os promotores explicam, em comunicado hoje enviado à agência Lusa, que durante a iniciativa, os músicos do Síntese – Grupo de Música Contemporânea “irão preparar e estrear uma obra musical original, escrita pela compositora Sara Carvalho”.

A população de Aldeia do Bispo “participará ativamente na realização da obra musical, não se limitando, por isso, ao papel passivo de público”, refere.

Segundo a organização, trata-se de uma atividade “inédita em vários aspetos”, pois “é a primeira vez que se faz música contemporânea envolvendo uma população rural na sua realização”.

“No passado foram já feitas experiências em sala de concerto com a participação do público. Mas a participação da população na criação da obra musical é inédita, e ainda mais tratando-se de uma população rural, à partida sem nenhum contacto prévio com a música contemporânea. Dois universos dificilmente conciliáveis se encontram aqui, e a população de Aldeia do Bispo terá também a oportunidade de ver a sua antiga Escola Primária ganhar vida de maneira totalmente original”, lê-se na nota.

Ainda de acordo com o Síntese – Grupo de Música Contemporânea, os momentos mais importantes da atividade “Vanguarda na Aldeia” terão lugar no sábado, a partir das 21h30, com os ensaios que envolvem a população de Aldeia do Bispo, uma localidade situada próximo da cidade da Guarda.

No domingo, às 14h30, haverá um ensaio geral e, às 16 horas, o concerto com a apresentação da obra, seguindo-se um lanche convívio.

 




Conteúdo Recomendado