Extensão do CineEco em Coimbra

As sessões são gratuitas e destinam-se a grupos escolares e ao público em geral.

Uma extensão do CineEco, único festival de cinema ambiental em Portugal, vai realizar-se em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente, amanhã e na quarta-feira, por iniciativa do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra.

As sessões da extensão, gratuitas, são dedicadas a grupos escolares de alunos do primeiro ciclo (seis aos nove anos), às 10 horas e com duração de cerca de 40 minutos, e ao público em geral, às 18h30 e às 21h30, com duração de cerca de 90 minutos.

Os alunos poderão, após a sessão, ficar “à conversa com Joana Cabral Oliveira, Investigadora da cátedra Unesco em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Coimbra”.

As sessões abertas ao público em geral são também seguidas de uma conversa, com Helena Freitas, professora da Universidade de Coimbra e diretora do Centro de Ecologia Funcional, na terça-feira, às 18h30, com Nuno Fonseca, investigador do Instituto de Filosofia da Universidade Nova de Lisboa, na quarta-feira, às 18h30, e com António Gouveia, diretor do Jardim Botânico, nas sessões das 21h30.

Recorde-se que o CineEco é um dos festivais de cinema sobre ambiente mais antigos do mundo, realizando-se desde 1995 por iniciativa do município de Seia, e que apresenta as mais recentes produções nacionais e internacionais sobre questões ambientais, com mais de 600 documentários de mais de 30 países a concurso.



Conteúdo Recomendado