Dispositivo de combate a incêndios com 699 operacionais e três helicópteros em Castelo Branco

Cobertura aérea “com excelentes condições”.

O distrito de Castelo Branco vai ter este ano no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), 699 operacionais, 149 veículos e três helicópteros informou o comandante operacional distrital do Comando de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco. Na fase Charlie, de 1 de julho a 30 de setembro, “o dispositivo de resposta operacional que nós vamos ter inclui 699 operacionais no terreno, com 149 veículos apoiados por 145 equipas e três helicópteros sediados no distrito, um no centro de meios aéreos da Covilhã, um em Castelo Branco e outro em Proença-a-Nova”, disse Rui Esteves à agência Lusa. O comandante do CDOS sublinhou que o distrito conta com uma cobertura aérea, “com excelentes condições e que inclui três centros de meios aéreos a funcionar em pleno”.




Conteúdo Recomendado