“Cereja do Fundão” conquista certificação da Comissão Europeia

A Comissão Europeia salienta que a produção de cereja na região do Fundão “impulsionou a economia local, criando sete mil empregos numa década”.

A ‘Cereja do Fundão’ é desde ontem um produto com Indicação Geográfica Protegida (IGP), segundo divulgou a Comissão Europeia, que aprovou o pedido português nesse sentido.

A área geográfica de produção da ‘Cereja do Fundão’ é circunscrita ao concelho do Fundão, às freguesias limítrofes a sul, de Louriçal do Campo e Lardosa (concelho de Castelo Branco), e a norte, às freguesias de Ferro e Peraboa (concelho de Covilhã).

Numa nota de imprensa, a Comissão Europeia salienta que a produção de cereja na região do Fundão “impulsionou a economia local, criando sete mil empregos numa década”. A ‘Cereja do Fundão’ junta-se a uma lista de mais de 1.470 produtos e que está disponível na base de dados eAmbrosia.




Conteúdo Recomendado