Aguiar da Beira organiza espetáculo comunitário com base nas tradições da Páscoa

Cerca de 150 habitantes do concelho de Aguiar da Beira, no distrito da Guarda, vão participar no domingo num espetáculo comunitário que tem por base as tradições locais da Páscoa, foi hoje anunciado.

Segundo a organização, o espetáculo, que recria os hábitos e os “saberes de fé” do concelho de Aguiar da Beira, será realizado pelas 15 horas de domingo, no Centro Cultural da vila.

O evento é promovido pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social – CLDS 3G Aguiar no Coração, no âmbito do projeto Oficinas das Tradições – 60 Mais Social Clube.

Nesse dia, os participantes “vão recriar alguns dos rituais católicos vividos no concelho de Aguiar da Beira” por ocasião da Quaresma e da Páscoa.

“Tradições como a Quarta-feira de Cinzas, bênção dos ramos, encomendação das almas, passagens da Via Sacra, terço dos homens, enterro do senhor ou a visita pascal vão ser apresentadas por 150 ‘atores'”, referem os promotores em comunicado.

A nota refere que o espetáculo – que tem por base “os saberes e as tradições quaresmais e pascais” de Aguiar da Beira – tem vindo a ser preparado nas Oficinas das Tradições, que decorrem semanalmente em várias freguesias do concelho e que são abertas à população em geral.

“O encontro será um grande momento de demonstração cultural, promovendo o conhecimento e convívio entre gerações, recuperando hábitos culturais e reforçando laços sociais e níveis de participação”, refere a direção do CLDS 3G Aguiar no Coração.

A ação 60 Mais Social Clube, do CLDS 3G Aguiar no Coração, “pretende integrar os cidadãos seniores de modo a estimular a sua participação e (re)integração na sociedade e nas dinâmicas do concelho reforçando o envelhecimento ativo e a autonomia”, bem como “a elevação da sua autoestima e do seu sentimento de utilidade para os outros e para a sociedade”.

O CLDS 3G Aguiar no Coração tem como entidade coordenadora local de parceria e executora o Centro Social Paroquial de Dornelas, sendo financiado pelo Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego (POISE) e pelo Governo, através do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.




Conteúdo Recomendado