ADAG vai ao mercado contra imposições fiscais

Fonte: http://www.hp3d.com.br/wp-content/uploads/2013/03/Escrevendo.jpeg

A Associação Distrital dos Agricultores da Guarda (ADAG) está a recolher assinaturas nos mercados e feiras da região contra as recentes imposições fiscais aos pequenos e médios agricultores.

A iniciativa começou ontem em Celorico da Beira e decorreu hoje em Seia. Amanhã, a ADAG está em Gouveia e na sexta em Trancoso. Guarda (sábado) e Pinhel (domingo) são os restantes mercados calendarizados para esta ação. O novo regime declarativo obriga à inscrição de todos os agricultores com atividade comercial, ficando isentos de IVA os que têm um volume de negócios anual inferior a 10 mil euros. Recentemente, a ministra da Agricultura e Mar, Assunção Cristas, anunciou que os agricultores com rendimentos ou ajudas da Política Agrícola Comum (PAC) inferiores a 1.670 euros não têm de se inscrever na Segurança Social, nem entregar declaração de IRS, embora se mantenha a obrigatoriedade de se inscreverem nas Finanças. A decisão não agrada à ADAG, para a qual esta lei representa «o fim da agricultura familiar».


Conteúdo Recomendado