Abertas as inscrições para a Universidade de Verão 2018

O programa preparado para os estudantes do Ensino Secundário vai decorrer em julho.

A edição de 2018 da Universidade de Verão (UVerão 2018), uma organização da Universidade da Beira Interior (UBI) dirigida aos estudantes do Ensino Secundário – do 10.º ao 12.º ano –, vai decorrer de 2 a 6 de julho e tem inscrições abertas até 22 de junho. Estão disponíveis 125 vagas para esta proposta que é uma das atividades mais acarinhadas no âmbito da aproximação da academia ubiana ao público pré-universitário.

As edições anteriores ficaram marcadas pelo sucesso, como resultado da criação de um programa atrativo e dinâmico, desenvolvido nas cinco faculdades da instituição, que convidam os participantes a viver a experiência de ser um aluno da UBI. Desenvolvem atividades nas salas de aula e nos laboratórios de investigação científica, entre outros, sempre em contacto direto e acompanhados de atuais estudantes e docentes da instituição.

A UVerão 2018 é coordenada por Eduardo Cavaco, docente da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), e é composta por programas específicos em cada faculdade – que cada participante deve escolher de acordo com as suas preferências – e atividades conjuntas que vão mostrar a cidade da Covilhã e a Serra da Estrela.

A UBI, enquanto instituição centrada ao ensino superior e investigação, entende ser importante incentivar o gosto pelo estudo e pela aprendizagem em todos os níveis de escolaridade. No âmbito dessa filosofia, desenvolve programas específicos para o Ensino Secundário (a UVerão) e para os melhores alunos do 12.º Ano de escolas da Beira Interior (como a Academia Júnior de Ciências) e para 3.º Ciclo do Ensino Básico (como a Universidade de Inverno). Prepara-se para incluir mais um nível, com “Os dias da UBI Júnior”, uma atividade que vai abranger 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico e que terá início no próximo ano letivo. Além destes programas, a Universidade da Beira Interior mantém as portas abertas ao longo do ano para receber estudantes e escolas que a pretendam visitar.

Com estas atividades, permite à população estudantil ter, em muitos casos, o primeiro contacto com uma Universidade e conhecer áreas do saber que podem fazer parte do seu futuro. Para mais informações AQUI.




Conteúdo Recomendado