Seis detidos por tráfico de droga e posse de armas no concelho da Guarda

A investigação, que decorre há um ano, envolveu, no total, 19 mandados de buscas domiciliárias.

Segundo o Comando Territorial da Guarda, através do Destacamento Territorial de Vilar Formoso, ontem, dia 15 de janeiro, foram detidos cinco homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 35 e 61 anos, por tráfico de estupefacientes e detenção de armas, nas localidades de Almeida, Vilar Formoso, Figueira de Castelo Rodrigo e Guarda.

No âmbito de uma investigação que decorre há um ano, em que os detidos são suspeitos de tráfico de droga, posse de armas ilegais, ofensas à integridade física e de furtos em residências, foram cumpridos, ontem, 11 mandados de buscas domiciliárias.

No passado dia 6 de dezembro de 2018, a GNR já tinha realizado oito buscas domiciliárias e detido dois homens no âmbito do mesmo processo.

Durante a investigação foram cumpridos, no total, 19 mandados de busca domiciliária, detidas 8 pessoas, tendo sido apreendido o seguinte material: 147 doses de haxixe, 18 doses de liamba, duas plantas cannabis sativa, sementes de cannabis sativa, três armas de ar comprimido, duas pistolas, uma espingarda caçadeira, uma arma de alarme, oito armas brancas, uma soqueira, 117 munições de diversos calibres, um carregador de espingarda automática, 13 telemóveis e ainda três balanças de precisão.

Segundo avança uma nota da GNR, os seis detidos de ontem, com antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida, estão, neste momento, a ser presentes no Tribunal de Figueira de Castelo Rodrigo.

Na sequência deste processo foram empenhados militares dos Comandos Territoriais da Guarda, Viseu, Castelo Branco, da Unidade de Intervenção, e contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública.




Conteúdo Recomendado