40.ª edição do GP Abimota passa pelo distrito da Guarda

O pelotão disputa amanhã, dia 22, a terceira etapa com uma ligação de 185,3 quilómetros entre Almeida e Vouzela.

A 40.ª edição do GP Abimota arrancou na quinta-feira, com um contrarrelógio por equipas em Lisboa, terminando no domingo com uma ligação entre Anadia e Águeda, disputado por um pelotão de 18 equipas, 15 portuguesas e três espanholas.

Esta sexta-feira a segunda etapa liga Ourém a Mortágua ao longo de 170,3 quilómetros, com partida pelas 12h25 para uma tirada com duas contagens de montanha, ambas de terceira categoria, mas ainda longe da meta, num dia para os “sprinters”.

O arranque da terceira etapa decorre amanhã, dia 22 de junho, em Almeida, na Praça 25 de abril, às 11h55, com passagem por S. Pedro do Rio Seco (12h12), Vilar Formoso (12h21), Freineda (12h34), Castelo Bom (12h41), seguindo em direção à Guarda pela N16. No concelho da Guarda, o pelotão passará pelo Alvendre (13h40) e Porto da Carne (13h54). Às 14h08, os ciclistas passarão por Celorico da Beira seguindo para a localidade de Ponte de Juncais, em Fornos de Algodres, pelas 14h30.

A prova nacional termina este domingo, dia 23, com uma ligação de 174,5 quilómetros entre Anadia e Águeda.

 

As equipas nacionais presentes na competição são Rádio Popular/BoavistaMiranda/Mortágua; W52/FC Porto; Jorbi/Team José Maria Nicolau; Aviludo/Louletano/Uli; Sporting/Tavira; ACDC Trofa/Trofense; JV Perfis/Gondomar Cultural; Efapel; UD Oliveirense/Inoutbuild; Crédito Agrícola/Jorbi/Almodôvar; Sicasal/Constantinos; LA Alumínios/LA Sport; Vito-Feirense- PNB e Fortunna/Maia. De Espanha vêm a Kuota/Construcciones Paulino; Baque Team e Supermercados Froiz.

 




Conteúdo Recomendado