Câmara da Guarda promove Feira Farta para estimular a produção local

A Câmara Municipal da Guarda promove a quarta edição da Feira Farta, nos dias 22 e 23 de setembro, com o objetivo de valorizar as freguesias e os seus produtos.

Segundo o autarca Álvaro Amaro, o certame, que irá decorrer no largo do Mercado Municipal, na cidade da Guarda, contará com a participação das 43 Juntas de Freguesia do concelho que, durante os dois dias do certame anual, divulgam e comercializam os produtos do território.

“Nesta edição, a quarta, participam 412 produtores (mais 62 do que em 2017) com 511 produtos (mais 51 do que em 2017)”, disse o autarca na apresentação da edição deste ano do certame, realizada no edifício dos antigos paços do concelho, que foi reabilitado para acolher o Solar dos Sabores e a sede da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.

Depois de referir que a Feira Farta de 2018 é a mais participada de sempre, Álvaro Amaro reconheceu que “o sucesso de uma iniciativa deste género é o sucesso de todo o concelho da Guarda”.

Para o autarca, o evento “é festa popular com economia”, assumindo tratar-se de “uma feira marcadamente popular, marcadamente da economia rural, marcadamente de estímulos indiretos ao trabalhar da terra”.

“Se há dinheiro bem empregue por parte do município, é este. Estimular a economia local foi sempre um eixo da nossa política e, neste caso, o segmento da economia rural”, disse.

A Câmara Municipal da Guarda investe 190 mil euros no certame, com possibilidade de financiamento de fundos comunitários, como aconteceu nos anos anteriores.

O tema central da quarta edição da Feira Farta será “O Vinho e a Vinha”.

No recinto da feira existirá uma zona de gastronomia dinamizada por dez associações da cidade, que disponibilizam pratos típicos da região, com destaque para a tradicional carne jarmelista.

No cartaz da animação, entre outras iniciativas, haverá um concerto com Quim Barreiros (dia 22 de setembro) e outro de Emanuel (23).

Para a entrada do Mercado Municipal da Guarda estão previstas, tal como aconteceu nas edições anteriores, degustações e demonstrações gastronómicas com produtos e petiscos do concelho, muitos deles disponibilizados aos visitantes de forma gratuita.




Conteúdo Recomendado