“Vallécula” premiado Restaurante do Ano

A Revista de Vinhos distinguiu o Restaurante Vallécula, de Valhelhas, no concelho da Guarda, com o Prémio Restaurante do Ano (cozinha tradicional) 2012. Há 16 anos consecutivos que a publicação destaca instituições e pessoas que, em sua opinião, se evidenciaram em Portugal, na fileira vínica e gastronómica. Na categoria de restaurantes foram ainda atribuídos as […]

A Revista de Vinhos distinguiu o Restaurante Vallécula, de Valhelhas, no concelho da Guarda, com o Prémio Restaurante do Ano (cozinha tradicional) 2012.
Há 16 anos consecutivos que a publicação destaca instituições e pessoas que, em sua opinião, se evidenciaram em Portugal, na fileira vínica e gastronómica. Na categoria de restaurantes foram ainda atribuídos as seguintes distinções: Restaurante do ano – Fortaleza do Guincho e Prémio Especial de Gastronomia David Lopes Ramos – Paulo Morais. Nos vinhos, aquela publicação atribuiu o Prémio Produtor Revelação do Ano – Ribafreixo; Produtor do ano – Mário Sérgio Alves Nuno (Quinta das Bágeiras); Cooperativa do ano – Adega de Vila Real; Empresa do ano – Sogrape Vinhos; Empresa do ano (vinhos generosos) – Rozès; Prémio Identidade e Carácter – Aphros/Casal do Paço Padreiro; Enólogo do ano – Luis Sottomayor; Enólogo do ano (vinhos generosos) – Charles Symington; Viticultura do ano – Duorum Vinhos; Organização do ano – CVR da Península de Setúbal; Enoturismo do ano – Espaço Porto Cruz; Garrafeira do ano – Estado Líquido; Loja Gourmet do ano – Comer e chorar por mais; Wine Bar do ano – Vinho em qualquer circunstância; Prémio Senhor do Vinho – João Nicolau de Almeida; Campanha Publicitária do Ano – Murganheira. Sobre o Restaurante Vallécula escreve a Revista de Vinhos no seu site: «Este restaurante está instalado numa antiga casa beirã, impecavelmente restaurada, bem no centro de Valhelhas. Tem por isso comodidades modernas mas a cozinha mantém a velha qualidade. As entradas merecem destaque, especialmente os enchidos e a mousse de grão-de-bico e o patê de abóbora. De seguida pode degustar várias especialidades beirãs da região da Serra da Estrela, como o Ensopado de cabrito, as carnes de vaca grelhada com alho e outras carnes». A Revista de Vinhos também atribuiu os Prémios aos melhores vinhos. No caso da Beira Interior distinguiu três: Beyra Quartz Beira Interior branco 2011; Quinta do Cardo Beira Interior Grande Escolha tinto 2009; Quinta dos Termos “O Deslize de Virgílio Loureiro” Beira Interior Escolha tinto 2009.



Conteúdo Recomendado