Tradições das Aldeias de Montanha descem à cidade da Covilhã

Nos próximos dias 4 e 5 de janeiro, a Praça do Município acolhe um vasto conjunto de atividades sob o mote do «retorno ao mundo natural», enquadradas na programação do “Natal Com Arte” e na celebração do Dia de Reis.

Promover, valorizar e revelar a identidade em estado puro das aldeias de montanha do concelho são importantes objetivos que justificam a forte aposta da Câmara Municipal da Covilhã na segunda edição da iniciativa “A Montanha Desce à Cidade”.

Este evento enquadra-se na estratégia promocional das Aldeias de Montanha, levada a cabo pela autarquia, que proporcionou momentos especiais nas Penhas da Saúde (“Saud’Arte”, 20 e 21 de julho), em São Jorge da Beira (“Salta & Pilha, de 5 a 8 de agosto), nas Cortes do Meio (“Pastores”, 4 a 6 de outubro), na Erada (“Palad’Arte”, 1 e 2 de novembro) e em Verdelhos (“Agasalhos no Frio”, 22 a 24 de novembro).

“A Montanha Desce à Cidade com os Reis” é um evento que traz agora estas atividades e tradições ao centro histórico da Covilhã para dar a conhecer o artesanato e os sabores da Serra, os jogos tradicionais como o jogo do arco, a corrida de cântaros, o jogo do burro e da malha, entre outros. A animação e a música popular vão ser uma constante com atuações de grupos de todas as freguesias de montanha. De destacar também a apresentação do Roteiro “Terras de Volfrâmio e Estanho – História e Memórias das Comunidades Mineiras” como um exemplo do que a Autarquia pretende concretizar noutros pontos do concelho: investir na promoção do património industrial com a dupla função de atrair turistas com um produto diferenciado e enriquecer culturalmente as populações, recuperando património material e imaterial.

As surpresas não vão faltar nesta verdadeira festa de montanha no coração da cidade da Covilhã à qual se vão associar vários grupos musicais do concelho no “Canto das Janeiras”, às 16h00 do dia 4 de janeiro, o “Concerto de Reis” a realizar na Igreja da Misericórdia, pelas 15h00 do dia 5, e o “Concerto de Reis” da Orquestra Sem Fronteiras, às 17h00 do mesmo dia, na Igreja de São Tiago.

Para o Presidente do Município, Vítor Pereira, este será “um evento com sons, artesanato e sabores da Serra, jogos e atividades tradicionais das zonas de montanha”. “Tal como no ano passado, queremos repetir o sucesso que este evento teve e encerrar com chave de ouro um conjunto de iniciativas importantes que tiveram lugar nas cinco aldeias de montanha abrangidas por este projeto. É para nós fulcral preservar atividades, tradições, usos e costumes, valorizando as potencialidades naturais e promovendo o turismo em cada uma destas aldeias”. O autarca aponta ainda a articulação desta iniciativa “com o tradicional cantar das janeiras, que vai trazer muita animação ao centro da cidade e dinamizar o nosso comércio tradicional”.

“A Montanha Desce à Cidade” realiza-se na Praça do Município, em frente aos Paços do Concelho, das 10h00 às 19h00 dos dias 5 e 6 de janeiro.




Conteúdo Recomendado