Museu da Guarda procura voluntários

A Câmara Municipal da Guarda, através do Museu, vai implementar um programa de ocupação de tempos livres durante as pausas letivas (agosto e setembro) para jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 20 anos.

O projeto intitulado «Tempos livres no Museu da Guarda: os Jovens e a Museologia», aprovado na última reunião do executivo camarário, definiu como principal finalidade contribuir para desenvolver na comunidade jovem o interesse pelas questões do Património Histórico e Arqueológico da Cidade, bem como das Artes e da Museologia, procurando uma rentabilização dos períodos de férias numa ótica, por um lado, de enriquecimento pessoal e, por outra, de valorização do serviço comunitário.

Neste âmbito, o Museu da Guarda pretende implementar um vasto leque de atividades, num contexto diferente do habitual, proporcionando um convívio e uma aprendizagem salutar entre jovens dos 12 aos 20 anos.

Assim, desde ateliês diversos de Artes Plásticas a workshops de formação elementar em serviços de museografia, passando pelas experiências da prática arqueológica, o jovem voluntário tomará contacto com as várias áreas disciplinares que envolvem os programas dos museus, e estarão aptos a realizar visitas-guiadas, atendimento ao público e auxiliar em espaços culturais.

Aliando a valorização pedagógica à componente lúdica, está previsto um acampamento jovem e uma visita de estudo ao Museu de Mérida e Teatro Romano da Antiga Capital da Lusitânia Romana, num programa ocupacional que pode ser consultado no Museu da Guarda. As inscrições são gratuitas, sendo obrigatório o preenchimento da documentação respetiva, que deve ser feito no Museu da Guarda até 30 de julho.




Conteúdo Recomendado