Grávida de três meses vive em garagem sem luz na Guarda

Abandonada em criança pela mãe e afastada dos sogros, Fernanda e o companheiro vivem numa garagem emprestada.

Grávida de três meses, não tem acompanhamento médico e sobrevive da solidariedade.

“Só podemos cozinhar ao lume, banho não podemos tomar e para fazer as necessidades vamos ao monte”. A descrição foi feita de viva voz por Fernanda Moutinho, de 30 anos, que vive com o companheiro Licínio Correia, de 21, no único local onde puderam abrigar-se. Trata-se de uma pequena garagem da quinta das Corgas, na aldeia do Barracão, concelho da Guarda, sem luz elétrica e onde não há água ou uma simples casa de banho.



Conteúdo Recomendado