Setembro segue com calor. Termómetros vão chegar aos 38ºC

Temperaturas começam a aumentar já esta quinta-feira.

Agosto terminou com temperaturas mais frescas e algum vento, mas setembro promete ser soalheiro e quente, pelo menos nos próximos dias.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os termómetros começam a subir já hoje. Prevê-se no território continental céu geralmente limpo, vento em geral fraco, por vezes forte nas terras altas, possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro matinal na faixa costeira da região Centro e pequena subida de temperatura.
s temperaturas mínimas vão oscilar entre os 12ºC (em Bragança) e os 22ºC (em Portalegre) e as máximas entre os 28ºC (em Aveiro) e os 38ºC (em Santarém).

Já no arquipélago dos Açores, o ‘caso muda de figura’. As temperaturas vão oscilar entre os 20ºC de mínima e os 26ºC de máxima, e prevêem-se aguaceiros para toda a região. Na Madeira, o céu vai estar parcialmente nublado.

Na sexta-feira o panorama meteorológico, seja no continente ou ilhas, é muito semelhante, mas com temperaturas ainda mais altas em algumas regiões. Os termómetros não vão baixar dos 13ºC e vão estar a cima dos 30ºC na maioria dos distritos, com muitos a ultrapassar os 35ºC.

Para o fim de semana espera-se um cenário idêntico. Nos Açores, a chuva parece acalmar dando lugar apenas a céu muito nublado e as temperaturas máximas baixam para 25ºC. Na Madeira mantém-se tudo igual, assim como em território continental.

Por causa do tempo quente, o IPMA colocou em risco máximo de incêndio mais de 60 concelhos dos distritos de Viseu, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Leiria, Portalegre e Faro.

Além disso, o instituto deixou hoje um alerta para o facto de Portugal continental e o arquipélago da Madeira estarem em risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV).



Conteúdo Recomendado