Sérgio Costa é candidato à concelhia do PSD da Guarda

A concelhia social-democrata da Guarda é atualmente presidida por Tiago Gonçalves, que não se recandidata ao cargo.

O ex-vice-presidente da Câmara Municipal da Guarda e atual vereador sem pelouros, Sérgio Costa, anunciou hoje a sua candidatura a presidente da concelhia do PSD local, com eleições marcadas para o dia 27.


O social-democrata que em março passou a vereador sem pelouros na maior autarquia do distrito da Guarda, após o presidente Carlos Chaves Monteiro (PSD) lhe ter retirado a confiança política, disse hoje que se candidata à liderança da Comissão Política de Secção da Guarda para promover a união do partido a nível local.


Na conferência de imprensa realizada na sede distrital do PSD, o autarca lembrou que no dia 28 de fevereiro apresentou a sua candidatura a presidente da concelhia do PSD da Guarda, no plenário de militantes então realizado.


“Informei o PSD da Guarda, no local próprio, da minha intenção. Previamente ao plenário e, em primeiro lugar, informei o presidente da Câmara da minha vontade em servir o PSD e a Guarda, como candidato a presidente da concelhia do PSD”, disse.


Referiu também que lidera uma candidatura “de união, de agregação dos militantes, de comunhão com os autarcas eleitos e de respeito pelos cidadãos da Guarda”.

Somos candidatos, porque ouvimos os anseios dos militantes e respeitamos as suas opiniões políticas. Somos candidatos, porque os militantes do PSD nos têm incentivado e nos têm dado a sua confiança para ser a sua voz no PSD da Guarda. Somos candidatos, porque respeitamos o passado do PSD e acreditamos no futuro do concelho da Guarda”, disse Sérgio Costa, que estava acompanhado por alguns dos elementos que integram a lista que lidera.


O social-democrata, que é militante do partido há 25 anos, referiu ainda que o “adversário principal foi e será sempre o PS, que todos sabem não estar preparado para assumir a governação da Câmara Municipal da Guarda”, que foi conquistada pelo PSD em 2013.


Entre outros projetos, o candidato à concelhia social-democrata, defende a “fixação definitiva na Guarda da Universidade de Inverno organizada pelos ASD – Autarcas Social Democratas”, a criação de Núcleos de Militantes” nas freguesias para o partido “desenvolver ainda melhor o trabalho de proximidade às populações” e a integração da JSD “em todas as iniciativas” do PSD.


A concelhia social-democrata da Guarda é atualmente presidida por Tiago Gonçalves, que não se recandidata ao cargo.



Conteúdo Recomendado