Projeto “Filosofia para Crianças” continua este ano em Penamacor

Os destinatários são os alunos do primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches.

A 2ª edição do projeto “Filosofia para Crianças” arrancou no dia 1 de outubro, em Penamacor, tendo ido de férias na época natalícia, com o encerrar do primeiro período das atividades letivas. Com o regresso das aulas, é altura dos pequenos filósofos voltarem ao trabalho. A iniciativa decorre até ao final do ano letivo, todas as terças e quintas-feiras, destinada a todos os alunos do 1º ciclo (turmas do 1º, 2º, 3º e 4º anos), e aplicada em pequenos grupos, contando com uma formadora certificada pelo Centro de Formação de Educadores e Professores da Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática. Entre outubro e dezembro de 2019, foram trabalhados temas como o valor da imaginação e da criatividade; a importância da leitura; as emoções; a amizade; a gratidão; a diferença e a unicidade de cada um; os direitos das crianças, especificamente o direito à educação; a comunicação e as expetativas; e a convivência social (o eu e o outro; colocar-se no lugar do outro; ver o mundo pelos olhos do outro). “A Montanha de Livros mais Alta do Mundo”, de Rocio Bonilla; “O Monstro das Cores”, de Anna Lennas; “Procura-se um Amigo!”, de Klaus Baumgarten; “As Fadas falam-nos de Gratidão”, de Rosa M. Curto; “O Lápis Mágico de Malala”, por Malala Yousafzai; “O Flamingo não quer ser cor-de-rosa”, de Ana Oom; “O Cão e o Gato”, de António Torrado; e “A ovelha que fazia Múuuu…”, de Isabel Fernandes Pinto, foram algumas das obras trabalhadas, além de terem sido realizadas atividades de quebra gelo, como, por exemplo, a separação das emoções ou a criação de um livro sobre a importância da leitura e da imaginação.

Este programa educativo é promovido pelo Gabinete de Ação Social e Educação do Município de Penamacor, com a colaboração do Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches e tem como principal objetivo colocar em prática a arte de pensar de uma forma criativa, crítica e afetiva, desenvolvendo assim competências cognitivas, afetivas e sociais das crianças através de metodologias educativas variadas. De realçar que é um projeto que procura responder desta forma, à estimulação de aprendizagens ao nível da linguagem, comunicação e pensamento crítico, bem como promover os relacionamentos interpessoais saudáveis, a concentração e o relaxamento.

O Projeto Filosofia para Crianças surge no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE), elaborado pelo Município de Penamacor, tendo como principal objetivo o desenvolvimento de medidas educativas orientadas para a promoção da inclusão, do sucesso educativo e da redução e prevenção do abandono escolar precoce. O financiamento do PIICIE é liderado pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa, atribuído pelo Centro2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Social Europeu.




Conteúdo Recomendado