Politécnico de Castelo Branco já começou a lecionar em Moçambique

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) e a Universidade do Zambeze, localizada na cidade da Beira, em Moçambique, assinaram um protocolo de cooperação, e o primeiro projeto já teve início com a criação do Mestrado em Construção Sustentável em Moçambique.

O referido curso entrou em funcionamento no ano letivo 2015/16, e a colaboração do IPCB é realizada através da mobilidade de docentes que lecionam no curso, que visa preparar para a implementação de estratégias mais eficientes nos diversos domínios da arquitetura e engenharia, na construção ou reabilitação e ao longo de todo o ciclo de vida dos edifícios.

Frequentam o curso de Mestrado em Construção Sustentável, 21 alunos da Universidade do Zambeze, de entre os quais alguns docentes da própria instituição. Estes alunos poderão beneficiar da mobilidade Erasmus para realizar o seu trabalho final de curso no Instituto Politécnico de Castelo Branco, no próximo ano letivo.

Existem outros projetos em estudo entre as duas instituições, também na área da Engenharia Civil, nomeadamente em Infraestruturas de Construção Civil.




Conteúdo Recomendado