Pinhel eleita Cidade do Vinho 2020

A iniciativa “Cidade do Vinho” tem como objetivo contribuir para valorizar a riqueza, a diversidade e as características comuns da cultura da vinha e do vinho.

A cidade de Pinhel foi eleita Cidade do Vinho 2020, vencendo o único adversário a concurso, Silves, no distrito de Faro. A votação decorreu em Peso da Régua – Cidade do Vinho 2019 na passada sexta-feira.

Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Pinhel, Rui Ventura, congratulou-se com a distinção, sublinhando que o concelho quer “valorizar cada vez mais” o vinho de Portugal, considerando tratar-se de um produto que “marca a diferença” no país.

“Pinhel tem a responsabilidade acrescida de ser a maior produtora de vinho da Beira Interior e, dessa forma, arrastar aquilo que é a marca e qualidade dos vinhos da Beira Interior, não só para o mundo dos enólogos, mas também para aquele mundo que é o dos curiosos do vinho”, disse.

Para o autarca, a distinção conquistada “tem algo de extraordinário”, uma vez que Pinhel assinala 250 anos de elevação a cidade em 2020.

“Aquilo que pretendemos fazer em 2020 é associar as iniciativas culturais a esta nomeação”, acrescentou.

A iniciativa “Cidade do Vinho” tem como objetivo contribuir para valorizar a riqueza, a diversidade e as características comuns da cultura da vinha e do vinho e de todas as suas influências na sociedade, paisagem, economia, gastronomia e património, de forma a permitir um melhor conhecimento mútuo entre os portugueses.

 

 




Conteúdo Recomendado