Município de Trancoso aprova medidas para minorar impactos da pandemia

A Câmara Municipal de Trancoso aprovou um conjunto de 12 medidas para “minorar os impactos sociais e económicos” da pandemia causada pela covid-19 nas famílias, nas empresas e nas instituições do concelho, foi hoje anunciado.

A autarquia presidida por Amílcar Salvador decidiu atribuir um reforço financeiro às instituições particulares de solidariedade social “para atenuar as despesas decorrentes do combate à pandemia” e às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Trancoso e de Vila Franca das Naves.

Do rol de medidas constam, entre outras, a redução de 50% do valor das rendas dos imóveis municipais nos meses de janeiro, fevereiro e março (para contratos celebrados há menos de cinco anos) e a isenção do pagamento de taxas de ocupação da via pública com esplanadas até final de 2021.



Conteúdo Recomendado