Lula Pena no Teatro Municipal da Guarda

O Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda acolhe esta noite a cantora cosmopolita portuguesa.

Com apenas dois álbuns lançados desde 1998, a cantora, compositora, guitarrista e poeta Lula Pena alcançou um feito raro: juntar uma trupe de seguidores devotos por todo o mundo, uma espécie de sociedade secreta cujo número de associados cresce a cada sua rara aparição.

“Cantora-poeta, mulher misteriosa que se esconde atrás da guitarra para melhor nos surpreender. Uma voz única e profunda, inspirada por múltiplas referências, que brinca com as fronteiras e os mais finos poetas. A sua voz é inquietante e comovente, o seu estilo na guitarra é único, a sua abordagem é profundamente emocional ao mesmo tempo que concetual. Tem uma forma quase xamanística de se tornar uma só com o instrumento enquanto toca as suas longas e divagantes peças, nas quais madeira, cordas, corpo humano, respiração e voz se fundem num único, fabuloso e sobrenatural monstro”, refere uma nota do TMG. 

Nos últimos anos, tem estado mais presente nos palcos, apresentando-se em concerto em Cabo Verde, Brasil, Chile, Zimbabwe, EUA e um pouco por toda a Europa, aparecendo, ocasionalmente, em duo com o multi-instrumentista guineense Mu Mbana ou o saxofonista neozelandês Hayden Chisholm mas, habitualmente, apresenta-se sozinha e no seu próprio tempo.

O concerto, com início pelas 22 horas, tem entrada livre.




Conteúdo Recomendado