Iniciativa de mobilidade quer cidadãos a trabalhar em casa um dia por semana

A ANA (Aeroportos de Portugal) é a primeira empresa a adotar a iniciativa De5para4, desenvolvida pela consultora TIS e que pretende promover a mobilidade sustentável entre os colaboradores da empresa, através de uma maior utilização dos transportes públicos ou modos suaves ou, inclusive, da aposta no teletrabalho.

Segundo a TIS, a iniciativa tem como pano de fundo um jogo no qual cada colaborador é um jogador que tem metas para melhorar a sua sustentabilidade. Assim, as viagens entre casa e o trabalho correspondem a pontos, emissões de CO2 e calorias consumidas, que irão permitir aos jogadores, equipas de trabalho e à própria empresa perceberem como podem ser mais sustentáveis na sua mobilidade.

“[O objetivo] é estimular os trabalhadores das empresas a ponderarem formas alternativas de deslocação e a conhecerem os seus verdadeiros custos e benefícios”, explicou em comunidade João Bernardino, consultora da TIS.

Durante os próximos quatro meses, os colaboradores da ANA jogarão ao De5Para4: eles terão acesso a várias informações ligadas ao tema e a uma plataforma de carpooling. Ambas permitir-lhes-ão ponderar e planear viagens mais sustentáveis e saudáveis. No final haverá prémios para os melhores jogadores. “Em 2015 haverá a possibilidade de outras empresas portuguesas aderirem à iniciativa”, explicou João Bernardino.

Para além de promover alternativas de mobilidade para tentar combater o congestionamento do tráfego – um flagelo que custa entre 1 a 2% do PIB de alguns países – o De5Para4 aposta também num método simples para melhorara a semana do trabalhador, transformando-a de cinco viagens para o trabalho para apenas quatro. O objetivo é que, num dia semanal, o utilizador fique a trabalhar a partir de casa.

O projeto insere-se no MOBI – Promovendo a Mobilidade Inteligente entre os Trabalhadores, do programa Intelligen Energy Europe. Este realiza-se em seis países europeus, incluindo Portugal.




Conteúdo Recomendado