Guitardeão apresentam álbum de estreia no Centro Cultural de Celorico da Beira

Inserido nas festividades de Santa Eufêmia, o projeto Guitardeão apresenta no próximo sábado, dia 16 de setembro, pelas 21h30, no Centro Cultural da terra natal o seu álbum de estreia, “Reino de Apolo”.

Naturais de Celorico da Beira, o projeto composto por Alexandre Loio (guitarra clássica); Gabriel Gomes no (acordeão); Pedro Silva (guitarra nylon) e João Coreixas (baixo) apresenta-se assim: “Guitardeão não é música Erudita mas tem Erudição, não é Jazz, mas tem Improvisação, não é Fado mas tem Emoção”.

Guitardeão produz uma música que deambula em diversas fronteiras musicais onde absorveu influências. Contudo, assume uma identidade muito própria que se traduz num exercício delicado quando se quer catalogar num qualquer género. Guitardeão é um lugar onde a música não se ofusca com as palavras. Precisa delas, mas também as faz descansar com “interlúdios” arrojados ou improvisação descomprometida.

A percussão visita-o com frequência, mas não é presença obrigatória. Fazer pensar, abrir caminhos, reinos melhores para o mundo são lemas incondicionais. A música é essencialmente acústica com a variante do baixo que pode ou não ser elétrico.

Guitardeão é um projeto que se pode inserir na World Music, uma vez que bebe influências de vários estilos musicais, desde o Jazz, à música Clássica, Bossa Nova, Fado, numa fusão de estilos que resulta na originalidade do grupo.

 




Conteúdo Recomendado