Fornos de Algodres Biodiversity Festival destaca educação ambiental

O município de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, acolhe, entre hoje e domingo, a terceira edição do Fornos de Algodres Biodiversity Festival, iniciativa que aposta na educação ambiental.

O evento, promovido pela Câmara Municipal de Fornos de Algodres, vai decorrer na praia fluvial da Ponte de Juncais, no rio Mondego.

Segundo a organização, o programa do Fornos de Algodres Biodiversity Festival inclui ações de educação ambiental e de biodiversidade, arte e espetáculos musicais.

A Câmara Municipal de Fornos de Algodres sublinha que o festival continua a ser uma aposta “bastante diferenciadora” relativamente a outros eventos locais, uma vez que investe no património natural.

“Este ano dá-se especial enfoque ‘À Conversa Sobre Biodiversidade’, através de conversas abertas, residências artísticas e ‘workshops’, com os temas ‘III Land’Art Narciso do Mondego’, ‘A água que nos une’, ‘Um luxo de lixo’ e ‘Urtiga, uma planta mágica, grande aliada dos solos e das plantas'”, refere a autarquia em comunicado.

Durante o festival serão ainda realizadas duas caminhadas noturnas, “designadas por Rotas da Biodiversidade, que, partindo de dois pontos distintos do concelho, Fornos de Algodres e Vila Ruiva, culminarão na praia fluvial da Ponte de Juncais”.

O programa musical inclui a atuação da Banda Índice, na sexta-feira, pelas 22 horas.

No sábado, também às 22 horas, será apresentado o espetáculo “Sintonias Serranas”, um projeto de Cultura em Rede da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e, a partir das 23h30, atua o Dj Filipe Regalo.

No último dia do Fornos de Algodres Biodiversity Festival, no domingo, a animação estará a cargo do Avô Cantigas (16h00) e da Banda Blue Gun (18h00).

O evento tem entrada gratuita.




Conteúdo Recomendado