Festa da Transumância e dos Pastores em Seia

Pelo terceiro ano consecutivo, Seia assinala a prática da Transumância com os pastores do concelho, proporcionando a oportunidade de acompanhar os pastores e o gado na tradicional subida à serra.

A iniciativa é organizada pela Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha (ADIRAM), em parceria com o Município de Seia e em articulação com os pastores, vai ter lugar no dia 27 de junho, e tem como principal objetivo preservar e dignificar o ofício.

A anteceder a subida à serra, hoje, dia 21 de junho, celebra-se na aldeia da Folgosa da Madalena a Festa dos Pastores, com a romaria das ovelhas à Festa de S. João. A partir das 18 horas, os pastores acompanhados dos rebanhos, vindos das várias aldeias, cumprem a tradição, desfilando, à vez, em volta da capela de São João Batista, pedindo ao padroeiro um bom ano de pasto e proteção para o gado.
Para o efeito, as ovelhas ostentam chocalhos e são enfeitadas com “pêras e cabeçadas”.

No sábado, dia 27 de junho, junta-se o gado em rebanhos e sobe-se para a montanha em busca de melhores pastos. Acompanhar os pastores na viagem à serra e descobrir uma das mais simbólicas atividades do pastoreio, a transumância, é a proposta para o dia.
O gado (aproximadamente 800 a 1000 cabeças), proveniente das terras chãs (Santa Comba, Folgosa, Maceira), concentrar-se-á no largo da câmara, às 7h30, e atravessará a cidade em direção à Montanha, prosseguindo a sua viagem pelos seculares caminhos da transumância, em direção àquela que é a aldeia dos pastores, o Sabugueiro.

Pelo caminho estão preparadas degustações gastronómicas, como a típica merenda do Alforge e um almoço com os pastores.

Programa dia 27
7h30 – Saída dos Rebanhos da cidade
1 horas – A Merenda do Alforge
13 horas – Almoço com os Pastores
16 horas – Subida com os Rebanhos
18h30 – Chegada dos Rebanhos

A participação na atividade pressupõe a inscrição obrigatória na mesma, independentemente da modalidade pretendida.



Conteúdo Recomendado