Europa enfrenta crise na produção de azeite

Segundo a Associated Press, o mau tempo e pragas são responsáveis por uma queda na produção que se pode refletir nos preços.

A Europa enfrenta uma crise de falta de azeite, que pode fazer aumentar o preço. Segundo a Associated Press, o mau tempo e pragas são responsáveis pela queda na produção.

Temperaturas altas na primavera, seguidas de um verão fresco e húmido, ajudaram a proliferação das pragas, que atingiram as colheitas, nomeadamente da mosca da azeitona. “A lei da oferta da procura é uma uma lei básica do mercado”, disse Joaquim Freire de Andrade, presidente da associação de produtores Olivum, do Alentejo, citado pela Associated Press.

As previsões em Espanha aponta para uma queda de 50%, enquanto em Itália, onde a produção caiu 35%, o preço já aumentou três euros. A campanha do ano passado, no entanto, foi muito boa – em janeiro as previsões agrícolas do INE apontavam para “uma produção de 627 mil toneladas de azeitona para azeite, a maior desde a década de sessenta”.

França, Itália, Espanha e Portugal são responsáveis por um quarto da produção mundial de azeite, salienda a AP.



Conteúdo Recomendado