Espaços de fronteira são o tema do Curso de Verão do CEI

A 16ª edição é subordinada ao tema “Espaços de fronteira em tempos de incerteza: pensamentos globais, ações locais”.

Tem início na próxima quarta-feira, dia 6 de Julho, pelas 9h30m, na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (Guarda), o Curso de Verão do Centro de Estudos Ibéricos (CEI) subordinado ao tema “Espaços de fronteira em tempos de incerteza: pensamentos globais, ações locais”.
Segundo uma nota informativa, com esta iniciativa que vai já na sua 16ª edição, “o CEI prossegue a sua missão enquanto plataforma de intercâmbio científico, debate e difusão de conhecimentos sobre os territórios ibéricos”.
O curso é coordenado pelo Prof. Valentín Cabero, da Universidade de Salamanca, e pelo Prof. Rui Jacinto, da Universidade de Coimbra, sendo acreditado pela Universidade de Salamanca.
Pelas 18 horas do dia 6 de Julho terá lugar o lançamento do 31º volume da Coleção Iberografias,  “Diálogos (Trans)fronteiriços. Patrimónios, Territórios Culturas”.

PROGRAMA:
 6 de Julho
9.15 horas – Abertura do Curso
9.30 horas – Painel I. Paisagens, patrimónios e a valorização dos recursos do território
Moderação e Apresentação: Lúcio Cunha (Univ.Coimbra); María Isabel M. Jiménez (Univ. Salamanca)
12.30 horas – Conferência: por uma geo-foto-grafia da fronteira agrícola no eixo da BR-163 (de Cuiabá/MT a Santarém/PA – Messias Modesto dos Passos (Univ. Estadual Paulista – Presidente Prudente – UNESP)
14.30 horas – Conferência: Las fronteras andinas y las propuestas de cooperación – Teodoro Bustamante (Facultad de Latinoamericana de Ciencias Sociales – FLACSO, Quito – Ecuador)
15.15 horas – Painel II. Desequilíbrios socioeconómicos e coesão territorial
Moderação e Apresentação: Pedro Hespanha – (Univ.Coimbra); ….. (Univ. Salamanca)
18.00 horas – Lançamento do livro “Diálogos (Trans)fronteiriços. Patrimónios, Territórios Culturas” Iberografias Nº 31.

7 de julho
Trabalho de campo – Rota Ibérica: I. Paisagens e patrimónios fronteiriços
Coordenação: Valentín Cabero Diéguez (Univ. Salamanca); Rui Jacinto (Univ.Coimbra)
Roteiro: Guarda, Navasfrías (El Rebollar) – Sierra de Medas-Valverde del Fresno- Monfortinho- Penamacor- Sabugal-Guarda

8 de julho
9.30 horas – Painel III. Cooperação territorial e esbatimento de fronteiras
Moderação e Apresentação: Valentín Cabero (Univ. Salamanca); António Pedro Pita (Univ.Coimbra)
12.00 horas – Conferência: Alternativas políticas de diálogo en la Península Ibérica – Francisco Ramos Antón (Consejo Consultivo de Castilla y León)
14.30 horas – Conferência: Oficina de História da Guarda: história ibérica, história local sem  muros – Rita Costa Gomes (Towson University, USA)
15.15 horas – Painel IV. Outras fronteiras: intercâmbios de saberes, novos diálogos territoriais
Moderação e Apresentação: Rui Jacinto (Univ.Coimbra); Ignacio Izquierdo (Univ. Salamanca)

9 de julho
Trabalho de campo. Rota Ibérica: II. Paisagens naturais, patrimónios culturais
Coordenação: Rui Jacinto (Univ.Coimbra); Valentín Cabero Diéguez (Univ. Salamanca)
Roteiro: Guarda – Pinhel – Cidadelhe – Marialva -– Meda –  Trancoso – Linhares da Beira – Guarda.



Conteúdo Recomendado